sábado, 19 de junho de 2010

Antes do Anoitecer (Cinema no Teatro)


Antes do Anoitecer
(Before Nigths Falls - 2000 (EUA) - de Julian Schnabel)

Javier Bardem é o protagonista desse belo filme (antes eu só o conhecia como o assassino sanguinário Anton Chigurh que lhe rendeu o oscar de melhor ator coadjuvante no "Onde os fracos não tem vez"), que tem a revolução e a implementação do regime comunista cubano como plano de fundo.
Trata-se da história de Reynaldo Arenas, escritor cubano homossexual nascisdo na ilha em 1943, muda-se do interior para Havana aos vinte anos onde tem contato com literatura e passa a trabalhar na biblioteca nacional; nessa época também estuda filosofia.
O filme perpassa pelo o ideal revolucionário da juventude do escritor, sua homossexualidade, encontro com as letras, dificuldade de publicação e a total desilusão com o governo do seu país.
Tenta sair de Cuba, coisa que só consegue após a liberação pelo governo cubano de alguns dissidentes. Chega a Nova York onde morre em 1990 vítima da AIDS.
Película assinada por Julian Schnabel, não tem, nem de longe, apenas a intenção de ser um filme biográfico. Sem sombras de dúvida faz ressurgir o debate sobre o regime comunista cubano e seu cabimento. Mesmo tendo sido lançado a uma década o trabalho é atual e instigante. O debate sobre a liberdade sexual é outra aba que com certeza deve ser aberta; bem como prisões, torturas e tolhimentos a produção intelectual.
Ainda com a participação impecável de Johnhy Depp fazendo dois personagens surpreendentes, trágicos se não fossem cômicos.

---------

Ótimo filme! Espero poder vê-lo com todos no Cinema no teatro deliciando- se com uma boa pipoca e posteriormente debatendo as questões e idéias que surgirem!


2 comentários:

Luís Diniz disse...

Fala, Natal, vou postar na comunidade do Cinema no Teatro no Orkut a tua indicação para o mês de julho. Qualquer coisa eu te comunico!

Natal Marques disse...

Na hora Luís! Só esse negócio de comer o nico é que eu não concordo muito... rsrs falow!
Vou aguardar! Nos encontramos pelo bares da vida. Abraço!